sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Viva o zoológico humano


Está aberta a temporada do zoológico humano, o Big Brother Brasil.

A décima edição do BBB traz uma grande diversidade de animaizinhos, eles são 'devidamente' distribídos em grupos: Coloridos (gay e lésbica), Cabeças (inteligentes), Belos (adivinha por que?), Sarados (fácil saber o motivo), Ligados ( os mais animados).

Na minha opinião, é a edição mais culturalmente elevada, não tem aquela apelação de opbres esfomeados que querem ajudar a família. Tem advogado, policial, doutora em línguas, dentista (linda), Jornalista, professores de educação física, maquiador, dançarina, engenheiro agrônomo, atriz (segundo a Josiane ex miss), publicitários, ator, empresária e estudantes.

Lógico que antes do desejo de ganhar o prêmio (1 milhão e meio de reais), existe o desejo de exposição, atrair atenção e aparecer a qualquer custo e isso faz do BBB um programa muito desejável quem não quer ficar a toa por 3 meses, ficar famoso e lotado da bufunfa? Até eu que sou mais bobo. O lado chato desse 'reality' são os barracos, que parecem mais artifício para levantar a audiência. A produção deveria deixar os caras se pegarem na porrada pra ver se fica mais real.

De qualquer forma é legal dar uma espiadinha, pelo menos a gente vê com antecedência e de 0800 as futuras capas da playboy e nos garantimos de algumas horas de comédia, além de termos uma maior noção de como o ser humano é tosco em suas atividades mais normais, como acordar, escovar os dentes, cuidar da higiene em geral. Confinados, podemos ter a noção se não exata, pelo menos aproximada do que é testar limites, porque ao que tudo indica eles ficam realmente confinados e não há personagem que resista a tanto. Conviver com um bando de gente diferente e que nunca se viu na vida não é para qualquer um.

6 comentários:

A Senhora disse...

Ahan... tá. BBB... Ok.

beijinhos

Pétala_Rosadinha disse...

Ah, confesso que sou telespectaroda do BBB...rsrs. Sou curiosíssima sobre o comportamento das pessoas, atitudes e tal. Claro q a gente sabe q aquilo tudo nao acrescenta bulhufas enquanto conhecimento, mas o q na tv acrescenta? Vamos combinar q na tv aberta são pouquíssimas coisas que tem um mínimo de contribuição cultural. Gosto de ver os ratinhos no laboratório...rsrs.

PS: eu já soube q vc é um fanático rubro negro, né?
Saudaçoes de quem anda cansadíssima de ser freguesa de vcs.

Beijo.

A menininha disse...

Boa, o bbb parece mesmo um zoológico humano. Um bando de gente confinada e um bando de outra gente olhando...rs

é diversão barata, mas alguns são verdadeiros colírios!

Beijosss

Dr. do absurdo disse...

BBB como eu já disse, é um prato cheio pra quem gosta de tomar conta da vida alheia. Mas tem toda razão quando diz que a gente pode ver com bastante antecedencia as futuras capas da playboy. Eu faço coro pela dentista! rs

abração

Gilson disse...

Bruno

Excelente texto o seu, concordamos em quase tudo, coloquei um post similar a alguns dias atrás, passa lá para comentar, você anda mesmo meio sumidão.

Abs

Felipe Siqueira disse...

falou e disse!